216 dias de Resistência

*Boletim 262 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia*
_Direto de Curitiba – 8/11/2018 – 216º Dia de Resistência 19h50_

1. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), e o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. Ele transmitiu a ambos a necessidade de todas as forças democráticas do país se mobilizarem em defesa da democracia, da soberania nacional e dos direitos da classe trabalhadora, diante da ameaça representada pelo governo de ultradireita Jair Bolsonaro. Segundo Pimenta, Lula está firme, bem de saúde e tem a consciência histórica do papel que cumpre e dos motivos por que está em Curitiba como preso político. Leia mais: http://www.pt.org.br/lava-jato-sempre-foi-projeto-de-poder-de-moro-aponta-pimenta/

2. O líder do PT falou aos militantes da Vigília Lula Livre e destacou a importância da mobilização. “O presidente Lula é muito grato à Vigília e faz questão de ressaltar que o que o mantém de cabeça erguida é que o povo brasileiro nunca deixou de confiar nele”, disse. Antes de visitar Lula, Pimenta passou pelo Espaço Marielle Franco, onde o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está realizado um curso para comunicadores do movimento, indígenas e atingidos por barragens.

3. O boa tarde a Lula nesta quinta-feira, 216º dia de resistência democrática em Curitiba, foi puxado pela menina Sofia Câmara, de oito anos de idade,que veio de Chapecó (SC) com os pais. Antes de o líder do PT visitar Lula, Sofia o presenteou com o livro ‘O Futuro Só Depende de Você’, escrito por ela. A garota entregou também a Paulo Pimenta um exemplar autografado do livro, com uma carta, para que ele repassasse a Lula.

4. A militante Isa Godoy entregou igualmente a Paulo Pimenta um presente para ser levado a Lula: uma manta confeccionada pelo grupo de mulheres Linhas do Horizonte, de Minas Gerais. O mimo que vai aquecer o ex-presidente traz um bordado feito à mão com versos de um poema de Guimarães Rosa: “A vida é assim/Esquenta e esfria/Aperta daí afrouxa/Sossega e depois desinquieta/O que ela quer de nós/ É coragem”.

*Boletim 262 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia*
_Direto de Curitiba – 8/11/2018 –