Os cantantes

Nossos encontros, seminários, festas, jantares, plenárias ganham em alegria quando eles estão presentes: nossos músicos e cantantes que faço questão de homenagear na figura ímpar do Severiano. Eles chegam mais cedo em nossas atividades, puxam a gaita e o violão, abrem a voz e dão outra energia às nossas reflexões, análises e diálogos. Nesses minutos de apresentação, brincam com os instrumentos e com as letras das músicas, adaptando-as às presenças na atividade.

Infelizmente, a legislação eleitoral nos priva dessa contribuição artística em nossas atividades de campanha. Não há exceção nem mesmo as cantorias do nosso deputado estadual Edgar Pretto, que é deputado e não profissional da música. Por isso que afirmo: companheiro Severiano, nossos comícios não são mais os mesmos!