Mestre Olívio comenta eleições na Venezuela

O ex-governador Olívio Dutra foi observador internacional nas eleições da Venezuela (14/4) junto com o gaúcho Jeferson Miola, Coordenador da Secretaria do Mercosul e demais autoridades brasileiras. Na foto, o presidente de honra do PT está com o pessoal da Coordenação da Justiça Eleitoral Venezuelana para Observadores, “são todas mulheres” avisa Olívio, os homens, são – da esquerda para a direita – Jeferson Miola, Coordenador da Secretaria do Mercosul; Olívio Dutra ex-governador do RS; Roberto Amaral da direção nacional do PSB; e Samuel Guimarães diplomata brasileiro.

Conforme declaração do “Mestre Olívio”, a eleição é exemplar, “nós, observadores, conhecemos passo a passo desta organização, da montagem da urna eletrônica – que eles usam desde 1994- , até o local da votação”. “Eles têm um esquema curioso para evitar trampa,” contou o ex-governador, “todos os eleitores, ao saírem da seção de votação tem seu dedo minguinho manchado por uma tinta escura, que não sai no dia, evitando que possam votar em outra urna”.

No mínimo, interessante a solução dos hermanos bolivarianos!