JPT no ato de reconhecimento do DOPS

Justiça, Verdade antes que seja Tarde.
Para que nunca Mais Aconteça.

Ontem, dia 27 de julho, mais um Ato de Reconhecimento do DOPS como local de tortura e morte durante a Ditadura Civil Militar foi identificado em Porto Alegre: o Palácio da Polícia. A ação de identificação do espaço de tortura no RS foi organizada pelo Comitê Carlos de Ré, o qual a Juventude do PT integra.

No ato, estiveram presentes muitos jovens, movimentos sociais e ex-presos e torturados pela ditadura militar, familiares dos desaparecidos, bem como, diversos partidos políticos que reafirmam a importância do fortalecimento da democracia, dos direitos humanos e do resgate da memória, da verdade e da história do Brasil.

A identificação dos espaços de tortura é uma iniciativa que tem como objetivo central reafirmar a necessidade de punição dos torturadores políticos, bem como o direito a memória e a verdade.

Por Iris Carvalho Secretária de Juventude do PT/RS