EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DA VIDA: FORA BOLSONARO!

O Brasil viveu neste final de semana o mais grave ataque à democracia e ao Estado Democrático de Direito patrocinado, pessoalmente, pelo presidente da República, que participou e discursou em ato pelo fechamento do Congresso Nacional e a volta de uma ditadura. Não é de hoje que Bolsonaro defende o autoritarismo e o arbítrio. Deputado federal, rendeu homenagens ao torturador Brilhante Ustra e declarou que o regime deveria ter “matado mais uns 30 mil”.  Na presidência, participou de atos de ataque à democracia e já fez várias declarações afrontando o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e a imprensa, movimentos sociais, instituições inerentes do regime democrático.

Ao participar dos atos deste domingo, Bolsonaro cometeu dois crimes graves. Um contra a democracia do País e outro contra a vida da população, quando o Brasil luta contra uma pandemia que causa milhares de mortes no mundo todo. O Coronavírus já matou 2462 pessoas no Brasil e mais de 165 mil pessoas no mundo. A doença ainda não tem remédio nem vacina. A única arma eficaz até o momento é o distanciamento social. Esta medida em defesa da vida das pessoas, adotada por prefeitos e governadores, vem sendo atacada diariamente pelo presidente Bolsonaro, que de forma criminosa e irresponsável, conclama as pessoas às ruas e circula em atividades incentivando aglomerações.

Bolsonaro demonstra, na sua postura e no seu discurso, o desprezo à vida da população. Além disso, alimenta o sentimento de ódio, estimula a violência, num cenário onde a pandemia é pano de fundo do aumento do racismo e do feminicídio entre outros crimes de ódio. O discurso e a postura de Bolsonaro são o combustível que coloca em movimento os atos de violência praticados no RS, neste final de semana, como os que ocorreram na Capital, durante a carreata pelo fim do distanciamento social, no sábado, e durante o ato pela intervenção militar realizado no domingo. Sua fala preconceituosa é a autorização para a brutal violência registrada contra um idoso negro em Gravataí, num chocante caso de racismo.

O Brasil vai vencer a pandemia e defender a vida do seu povo. O combate ao coronavírus passa, no entanto, pela reafirmação da democracia, pela derrota do ódio, pelo cumprimento das medidas da Organização Mundial da Saúde, por mais investimentos na saúde, pela garantia de renda emergencial e de salário quarentena, pela defesa dos direitos dos trabalhadores e pela manutenção dos empregos. O que significa dizer que Bolsonaro deve ser afastado da Presidência da República.

Para derrotar o coronavírus e salvar o Brasil é Fora Bolsonaro!

EXECUTIVA ESTADUAL DO PT RS