Nota do PT RS sobre o editorial de ZH

O editorial da RBS de hoje ultrapassa o livre exercício da crítica política, essencial ao estado democrático. Mergulha em vulgar ataque ao PT e revela soberba ausência de autocrítica frente a a políticas historicamente apoiadas pelo grupo empresarial. No lugar de se defender das acusações que lhe faz o Ministério Público no âmbito da operação Zelotes , ataca Lula e o PT negando a estes o direito à presunção da inocência que invoca para sí.
Incapaz de admitir o erro de ter apoiado a ditadura militar, a RBS embarca em mais uma aventura autoritária com o governo miliciano e neofascista de Bolsonaro. Apesar do desastre econômico e social das politicas neoliberais que apoiou nos anos 1990 , adere com entusiasmo ao ultraliberalismo de Leite, Bolsonaro e Paulo Guedes. Responsabilizar os governos Lula e Dilma pela persistente crise econômica é uma tentativa desesperada de mascarar o estrondoso fracasso das políticas neoliberais aplicadas nos últimos três anos pelos governos Temer e Bolsonaro.
O PT continuará a denunciar o caráter antipopular, antinacional e antidemocrático do governo Bolsonaro e seus aliados. Continuaremos denunciando que este governo só chegou ao poder porque patrocinou um golpe contra a presidenta Dilma, apoiado também pela RBS. Continuaremos a percorrer o Rio Grande e o Brasil na defesa dos direitos do povo brasileiro, da democracia e da soberania nacional. A luta Lula Livre segue nas ruas até que Lula seja inocentado.

Executiva Estadual do PT RS