NOTA DO PT

Em atenção ao interesse sobre a posição do Partido dos Trabalhadores, suscitado pelo jornal Zero Hora nesta quinta feira (02/05/2019), manifestamos que:

  1. Neste momento gravíssimo vivido pelo país, com sérias consequências para a sociedade, o PT tem como pautas nacionais prioritárias a defesa da previdência das trabalhadoras e trabalhadores do país, a libertação imediata do ex-Presidente Lula e a mobilização em defesa da educação brasileira atacada frontalmente pelo governo fascista de Bolsonaro. Tudo isso sem esquecer da responsabilidade que sempre tivemos em construir cidades democráticas, participativas e com políticas públicas voltadas à justiça e inclusão social.
  2. As políticas públicas da cidade estão sob ataque da pior gestão municipal da sua história, a qual é protagonizada pelo prefeito Marchezan. Cabe nesse sentido ao conjunto da oposição, das forças progressistas, dos movimentos e de outras organizações sociais dialogarem sobre a construção de uma frente em defesa da cidade. Esta, baseia-se em projeto sobre o futuro de Porto Alegre.
  3. Sobre a eleição municipal de 2020, respeitamos todas as pré-candidaturas já colocadas ou que venham a ser colocadas para o debate deste campo. Não iremos nos abster de realizar oportunamente este debate no âmbito interno partidário. No entanto, nossa prioridade é a discussão sobre conceito e programa de cidade. Fato que oportuniza ações conjuntas de todos aqueles e aquelas que defendem Porto Alegre e a reversão da política que ataca o serviço público, o funcionalismo e as demandas da população. Tanto o PT, quanto os demais partidos que compõem o campo de esquerda em Porto Alegre, como PC do B, PSOL, PDT e PSB, possuem condições de representar essa política.
  4. Acreditamos que dessa forma poderemos construir em 2020 um processo em que nosso campo sairá vencedor e colocará Porto Alegre novamente no rumo certo.

Comissão Executiva Municipal do PT Porto Alegre
Bancada de vereadores do PT Porto Alegre