Rio Grande e Pelotas reúnem milhares de pessoas para receber a futura vice-presidente do Brasil

Pelotas e Rio Grande receberam neste sábado (13/10), a candidata a vice-presidente pela coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PCdoB/PROS), Manuela D’Ávila. Ao lado de Miguel Rossetto e diversos deputados eleitos e reeleitos do PT e PCdoB, a candidata que compõe a chapa com Fernando Haddad, também recebeu apoio do PSOL, PDT, DEM e PSB.

Uma grande festa aguardava por Manuela em Pelotas, onde a candidata afirmou seu compromisso com os programas sociais, com um país justo e desenvolvido, aproveitando também para convocar a militância para que conversem com as pessoas nas ruas.

Rossetto destacou que “é nossa tarefa no Rio Grande impedir que a violência seja instrumento da luta política. Nosso adversário é inimigo da democracia, fala em acabar com os direitos dos trabalhadores. Nós estamos aqui porque defendemos um Brasil para todos e todas, com igualdade e direitos. Nós estamos convocando todas as gerações para que tenhamos um Brasil que enxergue seu futuro a partir da democracia e igualdade. Vamos dizer para aqueles que ainda estão enganados: o que um deputado que não tem coragem de falar sobre agenda econômica e que foge dos debates vai fazer por este país?”, orientou.

Em Rio Grande, Manuela lembrou a infância e adolescência na cidade, onde iniciou sua militância política na década de 90, época de desemprego e comércio bem mais acanhado. Ressaltou a transformação da cidade a partir da transformação do país com o polo naval, com investimentos na educação pública, no ensino técnico, o que levou à vitória da coligação no primeiro turno. “Que os ventos de Rio Grande se espalhe por todo o estado e leve a ideia desse projeto para mais pessoas”, disse sob aplausos a candidata.

Manuela frisou que o segundo turno será outra eleição, porque não está em debate apenas como será o governo, quais serão os investimentos em educação e saúde ou como resolver a crise econômica. “Agora trata-se de uma luta pela democracia e pela liberdade. Entre a verdade e a mentira, entre quem tem coragem de debater seu projeto para o Brasil às claras e quem se esconde atrás de seu projeto de desemprego, de ódio, de destruição, de intolerância”.

Ela finalizou o discurso pedindo que os eleitores de Haddad e Manuela, “armados do sentimento de solidariedade, construam pontes de diálogo com aqueles que não nos escolheram no primeiro turno”. E que espalhem a verdade nas redes sociais, que busquem desmentir humilde e generosamente as mentiras do adversário. “Queremos que as pessoas sigam votando, nos criticando e tendo opiniões diferentes da nossa. Onde há ódio, que possamos construir justiça social”.

Acompanharam as agendas em Pelotas e Rio Grande o deputado federal reeleito Henrique Fontana, o deputado estadual eleito Fernando Marroni, a deputada estadual Miriam Marroni e o prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer.

Texto: Daia Roldão

Foto: Eliane Silveira