PT e PCdo B pedem apuração de abuso do poder econômico pró-Bolsonaro no RS

Dirigentes do PT e do PCdoB reuniram na tarde desta sexta, 19, às 15h30min, com o Procurador Regional Eleitoral, Luiz Carlos Weber, para requerer investigação do abuso de poder econômico pró-Bolsonaro no Rio Grande do Sul (RS). Participaram da audiência, Abgail Pereira, pela direção do PCdoB, o deputado Pepe Vargas, presidente do PT/RS, a deputada Maria do Rosário, a deputada eleita Sofia Cavedon e os advogados dos partidos.
Na representação foram juntadas diversas fotografias dos outdoors espalhados pró-Bolsonaro em 20 municípios gaúchos, somente durante o período eleitoral. De acordo com os advogados, não foram listados os casos que ocorrem no período pré-eleitoral. Para Abgail Pereira, a investigação do Ministério Público Federal para identificar a autoria e os financiadores desta publicidade é fundamental, diante da comprovação, no cenário nacional, do financiamento da indústria de fake news através de pacotes de mensagens por WhatsApp. O presidente do PT, Pepe Vargas, apontou que, ao que tudo evidencia, foi uma ação orquestrada e não iniciativa de indivíduos, uma vez que foi mantido um padrão de arte e de colocação destas peças publicitárias em pequenos e médios municípios.
O Procurador Regional recebeu a representação e informou dos procedimentos que o Ministério Público Federal do RS já vem adotando desde a pré-campanha em relação aos outdoors e outras propagandas irregulares que chegaram ao seu conhecimento. Weber informou que em muitos casos já foram identificados os autores e que agora trata-se de definir a competência jurisdicional para aplicação da multa e responsabilização criminal, por tratar-se de eleição presidencial.